Windows 8 de cara nova

A década passada não foi um período favorável para a Microsoft, em especial quando comparada ao seu momento de apogeu, nos anos 1990. soberana absoluta do software para micros de mesa e notebooks, a empresa viu florescer, depois do ano 2000, mercados novos e fora de seus domínios, como os de Mp3 players, de smartphones e, depois, dos tablets. sua influência, onde existia, foi minguando. Apresentado em setembro numa versão preliminar para desenvolvedores, o Windows 8, que vai rodar em pcs e em tablets, representa uma aposta da Microsoft para dar a volta por cima e reconquistar posições importantes. Mas o sistema, embora a empresa não fale em datas, só deverá chegar às lojas no final do ano que vem.

Para caber num tablet, o Windows precisou fazer uma plástica. A nova versão do sistema operacional da Microsoft vai ganhar uma aparência completamente diferente em relação às edições anteriores, criada especialmente para fazê-la funcionar tanto em desktops e notebooks como em dispositivos ultraportáteis. sai de cena a famosa Área de Trabalho e, em seu lugar, entram pequenos blocos coloridos e interativos, pensados para telas sensíveis ao toque. O novo Windows 8 representa a tentativa mais radical da empresa para concorrer com seus principais rivais: a Apple, campeã de vendas com seu ipad, e o Google, que conta com parceiros como samsung, Motorola, Asus e Acer para fabricar tablets com Android.

Embora ganhar relevância nesse mercado seja o principal objetivo da Microsoft, a experiência de todos os usuários de Windows vai mudar profundamente. para revelar como será esse novo mundo. A primeira prévia do sistema, ainda incompleta, foi liberada para download no dia 13 de setembro. Muitos ajustes vão ocorrer até a versão beta ficar pronta, mas as principais inovações já aparecem claramente no software. sua base é a interface Metro, um design que começou no Windows Media center e no tocador de música Zune, migrou para o Windows phone 7 e também será usado no Xbox. com ele, o Windows terá a mesma cara em qualquer dispositivo.

A Metro não é opcional. Ao ligar um computador com Windows 8, o que se vê, em primeiro lugar, é a nova interface, e, pelo menos por enquanto, não há uma maneira oficial de desabilitá-la. cada quadro colorido corresponde a um programa e muitos deles exibem informações mesmo sem ser clicados.

Um aplicativo de previsão do tempo mostra a temperatura atual e indica se vai esfriar ou esquentar nas próximas horas, por exemplo. Outro, de redes sociais, traz atualizações e fotos dos seus amigos. se houver um programa de notícias, as mais recentes também surgem no tijolinho correspondente. “Há um novo modo de usar os computadores e queremos que o Windows se adapte a isso”, disse Steven Sinofsky, presidente da divisão Windows da Microsoft, durante a conferência para desenvolvedores Build, no mês passado, na Califórnia.

(Fonte: Info Exame)

Adicionar novo comentario


Todos os direitos reservados a Geektech Tecnologia