Moto G 3 ou Zenfone 2: Qual o melhor escolha ?

moto_g_3_zenfone_2

O Moto G 3 e o Zenfone 2 são dois celulares Dual SIM de sucesso no Brasil. Mesmo depois de quase um ano de lançamento, os smartphones trazem especificações potentes e preços atraentes. Na versão de 16 GB de armazenamento, o telefone da Motorola tem valor de R$ 1.029, enquanto o celular da Asus pode ser encontrado por R$ 1.249 com o mesmo espaço interno.

Com Android Lollipop, os aparelhos têm desempenho eficiente e câmeras traseiras boas, ambas com 13 MP de resolução. Quer saber qual modelo é melhor para comprar? Confira o comparativo de especificações técnicas do Moto G 3 e do Zenfone 2.

Design

O design do Zenfone 2 deixa a desejar. O celular até tem traseira com material que lembra alumínio, nas cores branco, preto, vermelho, cinza e dourado – o que deixa o visual sofisticado, mas, ainda assim, o tamanho e formato quadrado decepcionam. Com largura de 77 mm e peso de 170 g, a pegada é difícil, e usar o smartphone da Asus pode ser menos agradável do que o esperado.

A Motorola apostou na direção oposta e trouxe um visual descontraído para a terceira edição da linha Moto G. A possibilidade de personalização pelo serviço Moto Maker, que permite combinar várias cores na traseira, agradou em cheio, mesmo com a traseira em relevo, que pode acumular sujeira.

Com isso, o Moto G 3 vence por proporcionar uma pegada mais agradável, o que acontece também graças à largura menor, de 72,4 mm. Outro aspecto importante é que o celular conta com o certificado IPX7, uma proteção contra a água, ficando submerso por até 30 minutos a um metro de profundidade.

Tela

Não há muito espaço para dúvidas neste quesito, afinal o smartphone da Asus ganha com facilidade. O Moto G 3 tem uma boa tela IPS, com 5″ HD (720 x 1280 pixels) e densidade de 294 ppi. No entanto, o display IPS do Zenfone 2 é superior, e não só pelas 5,5 polegadas de tamanho, mas também pela resolução Full HD (1080 x 1920 pixels), com a ótima densidade de pixels por polegada de 401 ppi. Quanto à proteção do vidro, tanto um quanto outro trazem o Gorilla Glass 3.

Configurações: Zenfone 2

O Moto G 3 Geração traz processador quad-core Snapdragon 410, de 1,4 GHz e GPU Adreno de 306 de 400 MHz. A versão de 8 GB de espaço interno tem 1 GB de memória RAM, enquanto a de 16 GB de armazenamento conta com memória RAM de 2 GB. Os dois modelos, porém, têm suporte a cartão SD de até 32 GB. O hardware é bom, mas, não impressiona. A ficha técnica do telefone é parecida com as de outros intermediários.

Já o Zenfone 2 traz como diferencial a memória RAM de 4 GB, disponível tanto para a versão de 16 GB quanto para a de 32 GB de espaço. A diferença entre as duas versões do celular da Asus é que o modelo mais simples conta com um Intel Atom quad-core Z3560 de 1,8 GHz, enquanto o aparelho de 32 GB tem processador Intel Atom quad-core Z3580, de 2,3 GHz. Com isso, as duas opções têm capacidade de processamento superior à do Moto G 3. Para completar, o slot para microSD suporta cartões de até 64 GB, o dobro do concorrente. Por essa razão, o Zenfone 2 sai vitorioso quando o assunto é desempenho.

Câmera

Neste ponto, os smartphones são praticamente idênticos. A câmera principal do Zenfone 2 e do Moto G 3 tem 13 MP de resolução, abertura de f/2.0, flash LED duplo e grava vídeos Full HD (1080p) a 30 quadros por segundo (FPS).

Há certa diferença apenas quanto à câmera frontal. O sensor secundário do Zenfone tem 5 MP e abertura de f/2.0, enquanto o do Moto G 3 tem a mesma resolução e lente de f/2.2. A abertura menor seria uma desvantagem para o modelo da Motorola, mas isso é compensado com o recurso de flash da tela e o HDR automático.

Sistema operacional

A escolha do melhor sistema operacional é muito de acordo com o gosto do usuário. O Moto G 2015 vem com Android 5.1.1 (Lollipop) e já começou a receber atualização para o Android 6.0 (Marshmallow). O Zenfone 2, por sua vez, sai de fábrica com Android 5.0 e vai começar a receber o update para o Android Marshmallow em abril de 2016.

A diferença pode ser significativa, mas não chega a representar uma grande vantagem para o celular da Motorola. A diferença está mesmo na personalização, afinal o Moto G 3 tem um Android quase puro, ou seja, livre de modificações, o que sempre foi elogiado nos smartphones da série G.

A Asus, enquanto isso, tem interface própria, a ZenUI 2.0. A modificação exige mais do hardware e oferece uma lista de apps pré-instalados. Em compensação, esses aplicativos podem ser desinstalados, e há funcionalidades extras interessantes.

Bateria

A bateria do Zenfone 2 tem capacidade de 3.000 mAh e a do Moto G 3, 2.470 mAh. Na prática, as duas apresentam duração média de um dia, considerando um uso moderado. Como a tela do Zenfone 2 é maior, a capacidade de carga superior deve ser suficiente para equilibrar o tempo de duração, em relação ao concorrente.

Ainda assim, entregar a mesma autonomia de bateria com um hardware mais exigente é um ponto positivo para o celular da Asus. Para completar, o modelo de 32 GB do smartphone vem acompanhado do carregador BoostMaster, que dá 60% da carga do Zenfone 2 em 39 minutos.

Preço e disponibilidade: Moto G

O preço atual do Moto G 3 é de R$ 949 para a versão de 8 GB; R$ 1.049 para a de 16 GB sem TV digital (Colors); R$ 1.049 para a de 16 GB com TV (Colors HDTV); e R$ 1.249 para a versão Music, que acompanha o fone de ouvido Bluetooth Moto Pulse. O Zenfone 2 de 16 GB por R$ 1.249 e o de 32 GB por R$ 1.799. Com isso, o preço mais alto cobrado pela Motorola ainda é mais barato que o modelo mais simples da Asus.

Compre em nossa Loja o Moto G 3

Compre em nossa Loja o Zenfone 2

Conclusão

O primeiro celular do mundo a ganhar a memória RAM de 4 GB, o Zenfone 2 tem hardware bem mais potente que o concorrente. As especificações superiores justificam a vitória no comparativo, por combinar características de intermediário com ficha técnica de top de linha. O aparelho da Asus pode até ter preço mais alto, mas, ainda assim, tem custo-benefício maior que muitos concorrentes de características parecidas.

O Moto G 3 mantém a marca de oferecer bom hardware por menos de R$ 1 mil. Portanto, a decisão final da compra vai depender do bolso de cada consumidor. Quem não está disposto a pagar a mais que isso vai encontrar no Moto G 2015 uma boa opção de compra. Porém, para quem tem um pouco mais, vale a pena investir no rival taiwanês.

Adicionar novo comentario


Todos os direitos reservados a Geektech Tecnologia