Morte de Steve Jobs vira golpe no Facebook

Cibercriminosos já aproveitam a morte de Steve Jobs para disseminar ataques na internet.

Empresas de segurança, como a Sophos, alertam que um golpe no Facebook, publicado por uma página que homenageia o cofundador da Apple, já vitimou mais de 15 mil pessoas.

O perfil “R.I.P. Steve Jobs” (Descanse em paz Steve Jobs, em tradução livre) promete distribuir 50 iPads entre os usuários através de um link curto da “bit.ly”.

“Em memória a Steve, uma empresa está oferecendo 50 iPads. R.I.P. Steve Jobs”, diz o link na página do Facebook.

Ao clicar no link, o usuário é redirecionado a uma página com um formulário que deve ser preenchido e selecionar qual modelo do tablet gostaria de ganhar. Caso não clique em nada na página, uma mensagem de áudio é tocada para tentar ludibriar a vítima.

Segundo a Sophos, ao clicar e finalizar o formulário a máquina da vítima será infectada com programas nocivos, mas a real intenção dos criminosos é coletar dados sigilosos dos usuários para futuros golpes.

O cofundador da Apple, Steve Jobs, morreu nesta quarta-feira, dia 5, na Califórnia, ao lado de sua família. Ele deixa um legado de produtos inovadores e uma fantástica história no setor de tecnologia. Jobs morreu depois de uma longa luta contra um câncer no pâncreas e um mês e meio após renunciar ao posto de CEO da Apple.

 

Adicionar novo comentario


Todos os direitos reservados a Geektech Tecnologia