Microsoft mostra previsão do Windows 8

Windows 8: tela inicial lembra o Windows Phone 7

 

A Microsoft fez, nesta quarta-feira (1/6), uma demonstração do Windows 8 na conferência All Things Digital D9, na Califórnia. A próxima versão do sistema terá a mesma interface para dispositivos móveis, desktops e laptops.

Comandada pelo presidente da Microsoft para o Windows, Steven Sinofsky, a apresentação mostrou, pela primeira vez, telas do sucessor do Windows 7.

O que se destaca, de cara, no Windows 8 é a tela inicial, dividida em blocos, que lembra muito o mosaico de tijolos do Windows Phone 7. Nos smartphones, o usuário desloca esses blocos de um lado para outro, reorganizando a seu gosto o painel de abertura.

No Windows 8, a ideia é a mesma: as porções da tela podem ser deslocadas tanto com o mouse como com os dedos, se a tela for sensível ao toque. O objetivo é usar a mesma interface em computadores de mesa, laptops e dispositivos móveis.

O mosaico na tela de abertura assume o lugar do menu Iniciar, presente no sistema desde o Windows 95 e que agora, pelo jeito, entra no rumo da aposentadoria. A nova versão aceitará aplicativos de dois tipos: os tradicionais e os programas compatíveis com a nova cara do sistema. Isso leva a crer que as duas interfaces poderão conviver lado a lado.

No vídeo de demonstração, uma janela do Excel e uma barra de tarefas com botões de outros aplicativos do Office aparecem integradas aos mosaicos que se deslocam de um lado para outro da tela.

O acesso aos arquivos, em janelas no padrão do Windows 7, também está disponível na nova interface, tal como mostrada na demo. Assim como nos smartphones e nos tablets, o painel inicial é como uma foto panorâmica, que se estende por várias telas do computador.

Segundo Jensen Harris, diretor da Microsoft que lida com a criação da interface do Windows, o painel inspira-se num quadro de cortiça fixado à parede, no qual as pessoas vão colando textos, fotos, recortes de jornal etc.

Um detalhe que o Windows 8 obviamente deve ter herdado dos smartphones e tablets: há sempre surge um teclado virtual, quando é necessário digitar algo como um endereço web. O usuário, portanto, pode dedilhar na tela ou no teclado físico.

Sinofsky declarou que o Windows 8 não vai exigir mais hardware que seu antecessor e rodará nas plataformas Intel e AMD. Vale lembrar que Windows, até agora, é apenas um codinome, que pode ser mantido ou mudar até a versão final. A data de lançamento não foi informada, mas especula-se que o sucessor do Windows 7 deve chegar às lojas no segundo semestre de 2012.

A demonstração do Windows 8 foi feita na conferência All Things Digital D9, que está sendo realizada esta semana em Rancho Palos Verdes, Califórnia.

Assista ao vídeo de demonstração do Windows 8.

(Fonte: Info Exame)

Adicionar novo comentario


Todos os direitos reservados a Geektech Tecnologia