Hackers encontram homem que levou garota a cometer suicídio

O grupo de hackers Anonymous afirmou que conseguiu identificar o suspeito que praticou bullying contra Amanda Todd, adolescente de 15 anos que cometeu suicídio semana passada.

A jovem foi encontrada morta por enforcamento na última quarta-feira (10). Amanda Todd começou a sofrer bullying após fotos com os seios aparecendo vazarem na intenet. Desde então, a adolescente até mudou de cidade para tentar fugir das ofensas e acabou entrando em depressão.

O pedófilo que divulgou as imagens teve seu endereço e perfil revelado pelos hackers no site Pastebin.com. O grupo acusa o homem, de 30 anos de idade, de chantagear a garota para evitar a divulgação das imagens.

Todd publicou um vídeo um mês antes dizendo que se sentia sozinha e presa. A notícia de suicídio comoveu o Canadá, país natal da jovem. O homem identificado pelo grupo Anonymous poderá ser processado pela Justiça do Canadá por chantagem e abuso contra menor de idade.

Uma página em memória da jovem foi criada no Facebook e até agora já soma quase 1 milhão de fãs, que se solidarizam com a garota. Ao longo do último final de semana, o nome de Amanda esteve nos trending topics do Twitter. A jovem foi alvo de milhares de homenagens na web.

Veja abaixo o vídeo que ela chegou a publicar na internet, afirmando que se sentia “sozinha e presa” e dizendo: “cada dia eu penso, por que eu ainda estou aqui?”:

(Fonte: Info Exame)

Adicionar novo comentario


Todos os direitos reservados a Geektech Tecnologia