Google é intimado a retirar fotos de Carolina Dieckmann das buscas

O advogado da atriz Carolina Dieckmann, Antonio Carlos de Almeida Castro, informou que notificou o Google, nesta segunda-feira (07), pedindo à empresa que remova de seu serviço de buscas links para páginas com fotos da atriz nua.

Com a medida, Almeida Castro pretende sufocar o acesso às imagens. Por meio de sua assessoria, o Google afirmou que não se pronuncia sobre casos específicos.

Hoje, o site Imagearn, utilizado para divulgar as fotos da atriz, retirou do ar as 36 fotos que tinha armazenadas em seu servidor. Hospedado em Londres, o Imagearn é um serviço utilizado para a publicação de fotos eróticas e conteúdo pornográfico.

O advogado de Carolina Dieckmann pretende tomar três iniciativas para atuar com o caso: remoção das fotos de serviços como o Imagearn; exclusão de links dos serviços de buscas, como o Google; e identificação da pessoa responsável pelo roubo e divulgação das imagens (isso a cargo da polícia).

Na manhã desta segunda-feira, a atriz foi até a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), no Centro do Rio, para depor sobre o caso. Carolina permaneceu por sete horas no local acompanhada de seu marido, o diretor Tiago Worcman.

Antes de divulgar as fotos, a pessoa responsável entrou em contato com a atriz tentando extorqui-la. Os primeiros contatos aconteceram há cerca de um mês, segundo o advogado de Carolina.

No início de 2007, a apresentadora Daniella Cicarelli conseguiu, na Justiça, tirar do ar temporariamente o YouTube, após um vídeo dela em momentos íntimos ser publicado no site.

(Fonte: Info Exame)

Adicionar novo comentario


Todos os direitos reservados a Geektech Tecnologia