Galaxy Tab 8.9 agrada pelo tamanho da tela

Com a mesma configuração poderosa do seu irmão de 10,1 polegadas, o que significa conexão 4G (HSPA+) e Android personalizado, o Galaxy Tab 8.9 chegou para ficar. A redução da tela para 8,9 polegadas deixou o tablet levíssimo e não atrapalhou a navegação pela internet, a leitura das poucas revistas disponíveis e a diversão com joguinhos. Outra vantagem é a maior autonomia de bateria. O que depõe contra é a ausência de leitor de cartão e de portas USB e HDMI.

Assim como seu irmão de maiores polegadas, o Tab 8.9 é equipado com um Tegra II dual core de 1 GHz, 1 GB de memória RAM e versões com armazenamento interno de 16 GB. A tela de 8,9 polegadas tem resolução de 1.280 por 800 pixels, a mesma do modelo maior. A qualidade de imagem se mantém a mesma, com boa fidelidade nas cores, brilho com intensidade na média e acima de tudo, boa resposta aos toques.

O Honeycomb 3.1 recebe modificações da interface TouchWiz, que entre detalhes menores, acrescenta uma pequena barra de acesso rápido e a possibilidade de executar alguns aplicativos sem ocupar toda a tela, da mesma forma como um PC. É possível abrir a calculadora por cima do navegador ou editor de texto, ampliando a multitarefa. A ideia é bem interessante mas, na prática, faltam aplicativos para tirar proveito da novidade. Fazem parte desse pacote as apps Task Manager, Calendar, World Clock, PadMemo, Calculator e Music.

A principal diferença entre os aparelhos não é só o tamanho. Com a redução nas polegadas o tablet ficou magrinho. São 111 gramas a menos, o que é suficiente para tornar o manuseio confortável. A experiência de uso se aproxima muito à do iPad 2. Ficou mais fácil passar algumas horas lendo revistas, livros, navegando na web ou mesmo vendo um filme. Para manter a versatilidade própria do Android, o Tab 8.9 traz um servidor DLNA, o tradicional Samsung AllShare. Com ele é possível compartilhar arquivos por Wi-Fi com aparelhos compatíveis, como TVs, PCs, players e smartphones com uma interface simples, mas prática. Para quem sente falta de uma saída HDMI ou de uma porta USB, a Samsung oferece adaptadores MHL para a conexão proprietária. Nesse ponto, Xoom e Iconia Tab estão à frente, um por sua microHDMI e o outro pela USB tradicional.

O teclado virtual ocupa metade da tela quando está na orientação horizontal. O layout oferece uma digitação confortável. Ao todo, são quatro teclados virtuais disponíveis (TalkBack, Swype, Padrão Android e Samsung). Dessa maneira fica fácil utilizar o Pollaris Office para criar ou editar documentos nos formatos PowerPoint, Word e Excel. Além disso, o tablet traz o SocialHub, o agregador de redes sociais da Samsung.

Também foram incluídas as apps Netmovies, Pulse (agregador de notícias), eBooks, um leitor de livros e PDFs que não tem loja específica, mas o usuário pode cadastrar uma e um editor de imagens simples.

O Tab 8.9 possui duas câmeras. A frontal para videochamadas está pouco acima da média, com 2 megapixels. A traseira, que faz vídeos em 720p, possui LED flash e autofoco, conta com 3 megapixels. O registro de imagens é mediano, com dificuldades para trabalhar em ambientes muito iluminados. O usuário pode ajustar a luminosidade e balanço de branco, mas fazer fotos não é o forte (nem mesmo a proposta) desse tablet.
Nos testes do INFOlab rodamos arquivos de áudio em MP3, AAC, AAC+, eACC+, WMA e RA, e vídeos nos formatos MPEG4, H.264, H.263, XviD, WMV 7/8 e AVI. O player nativo tem um visual interessante e funcional. É possível organizar a biblioteca por artistas, álbuns, montar listas e as capas são exibidas corretamente.

Outro ponto matador em relação a seu irmão com tela maior é a duração de bateria. O pequeno Tab 8.9 resistiu bravamente por 8 horas e 22 minutos, contra 6 horas e 42 minutos do Tab 10.1. De fato, o pequeno 8.9 só perde para a primeira geração do iPad, que resistiu por mais de 11 horas (versão Wi-Fi). A bateria do iPad 2 durou 8 horas e seis minutos.

O preço de 1.179 reais inclui o plano de internet 3G (89 reais mensais), da Claro, que possui exclusividade nas vendas do aparelho até o final do ano.

Veja abaixo imagens das telas do Galaxy Tab 8.9:

[nggallery id=5]

(Fonte: Info Exame)

Adicionar novo comentario


Todos os direitos reservados a Geektech Tecnologia