Baterias do MacBook podem ser hackeadas

Um pesquisador identificou uma falha nas baterias dos MacBooks que permite a realização de ataques através dessa brecha.

Charlie Miller é o principal pesquisador da empresa de segurança Accuvant e é bastante conhecido também por gerar diversos ataques no iPhone e Macs e foi o responsável por identificar esta falha nas baterias do MacBook.

Segundo Miller, ele descobriu uma forma de desabilitar permanentemente a bateria da máquina, bem como também afirmou ser possível sequestrar o computador remotamente ao manipular o firmware de um dos chips que fornece energia ao MacBook.

Em entrevista ao jornal The Register, Miller afirma ser possível realizar qualquer modificação no software que roda na bateria. “Também percebi ser possível destruir o chip para que não funcione mais. Não é possível recuperá-lo. Não tem nem como acessar a genius bar”, apontou.

A falha faz parte da decisão da Apple de embarcar as baterias no MacBook sem alterar a senha necessária para executar as atualizações ou para realizar alterações nos controladores incorporados (que gerenciam a voltagem, corrente, entre outras propriedades).

Desta forma, Miller conseguiu reprogramar o firmware da bateria, travando o componente, exigindo que o sistema operacional fosse reinstalado ou no pior dos casos fazendo com que a máquina queimasse ou explodisse.

O pesquisador ainda afirmou que se há uma forma de levar o firmware a explorar esta vulnerabilidade no sistema operacional, o hack da bateria poderia abrir brechas para falhas no sistema que persistem mesmo após a limpeza ou reinstalação do Mac OS X.

O detalhamento da descoberta de Miller será apresentado por ele durante a conferência de segurança Black Hat, que ocorrerá no próximo mês, nos Estados Unidos.

De acordo com Miller, a Apple já foi notificada de sua descoberta, mas ainda não se manifestou. O pesquisador também afirmou que nessa apresentação ele irá fornecer uma ferramenta que corrige a vulnerabilidade ao mudar as senhas padrões que já vêm embarcadas nos MacBooks.

(Fonte: Info Exame)

Adicionar novo comentario


Todos os direitos reservados a Geektech Tecnologia