Avião criado em uma impressora voa no Reino Unido

Os engenheiros da Universidade de Southampton, no Reino Unido, conseguiram, pela primeira vez, fazer voar um avião fabricado em uma impressora 3D.

À parte do motor elétrico, todos os componentes da aeronave foram fabricados em uma EOS EOSINT P730, máquina que cria objetos plásticos ou metálicos depositando materiais de camada em camada.

Até mesmo as asas, com envergadura de 2 metros, foram feita na máquina 3D. As partes podem ser montadas sem o uso de ferramentas, por meio de encaixes projetados e desenhados pelos lasers da impressora.

Chamado de SULSA (Southampton University Laser Sintered Aircraft), possui uma velocidade máxima de 160 km/h, um piloto automático e, por ser elétrico, realiza um voo bastante silencioso.

Apesar de ser um avião não-tripulado, ele é uma demonstração de como as impressoras podem mudar os processos de fabricação no futuro. Graças aos lasers, elas podem criar estruturas complexas, com recortes que seriam muito caros em processos de fabricação normal.

A ideia do projeto é mostrar que aeronaves mais complexas podem ser fabricadas em um dia, sem a necessidade de ferramentas.

(Fonte: Info Exame)

Adicionar novo comentario


Todos os direitos reservados a Geektech Tecnologia