Apple adiou o lançamento do iphone 5 por problemas

A Apple pretendia lançar o iPhone 5 em junho, junto com o iPhone 4S. Mas teve de mudar seus planos por causa de problemas na linha de montagem e no desenvolvimento do sistema operacional iOS 5.

A afirmação é do site especializado 9to5Mac, que diz ter ouvido a história de “gerentes da Foxconn, funcionários da Apple e gente ligada às operadoras”.

Como muita gente já disse, o iPhone 5 seria mais fino que o iPhone 4, com tela ligeiramente maior e desenho mais arredondado. Já o iPhone 4S seria oferecido como uma opção mais barata. Ambos seriam apresentados em junho, durante o evento WWDC, como aconteceu com todos os modelos anteriores da linha iPhone. Para isso, a Apple precisaria ter o iOS 5 pronto em abril.

Em fevereiro, porém, segundo o 9to5Mac, a empresa constatou que não conseguiria integrar a tempo o assistente de voz Siri – uma das principais novidades do iOS 5 – ao sistema operacional. Ao mesmo tempo, a Foxconn começava a produzir protótipos do iPhone 5 na China. Mas a montagem dos componentes no smartphone mais fino revelou-se delicada. Muitos aparelhos eram reprovados no controle de qualidade.

Foxconn

Esta última afirmação parece estar de acordo com o que disse Terry Gou, o chairman da Foxconn, numa entrevista ao Wall Street Journal em junho: “Esses dispositivos com tela sensível ao toque são tão finos. É realmente difícil instalar tantos componentes nos iPhones e iPads”. Gou admitiu, ao jornal, que o alto índice de rejeição desses produtos no controle de qualidade estava afetando a lucratividade da Foxconn.

Naquele momento, tanto o iPhone 4 como o iPad 2 já estavam sendo fabricados regularmente havia bastante tempo. Já o iPhone 4S tem a mesma espessura do iPhone 4. Logo, é improvável que a Foxconn estivesse tendo problemas para montar componentes nele. É mais razoável supor que Gou estivesse se referindo ao iPhone 5 que, por ser mais fino, trazia uma complexidade maior na montagem.

O adiamento

Ao que parece, por causa dos problemas na linha de montagem, a Apple avaliou que não seria possível produzir o iPhone 5 – em quantidade suficiente e com o nível de qualidade exigido – a tempo para a temporada de vendas de fim de ano. A empresa teria tomado, então, a decisão de deixar o iPhone 5 para 2012. Já a apresentação do iPhone 4S teria sido marcada para outubro para que a equipe do iOS tivesse tempo de terminar a nova versão do sistema operacional.

Há outras razões que vêm sendo apontadas para o adiamento do iPhone 5, como a não disponibilidade de chips adequados no mercado. Mas a história do 9to5Mac certamente faz sentido. De qualquer modo, a Apple divulgou que vendeu 4 milhões de iPhones 4S em apenas três dias, mais que o dobro das vendas iniciais do iPhone 4. Isso sugere que o adiamento não deve prejudicar o sucesso do iPhone.

(Fonte: Info Exame)

 

Adicionar novo comentario


Todos os direitos reservados a Geektech Tecnologia