Anonymous ataca sites dos EUA em protesto ao fechamento do Megaupload

O grupo de hackers Anonymous retomou os ataques na noite desta quinta-feira, após breve período de silêncio.

Dessa vez, o grupo derrubou sites do governo americano em protesto ao fechamento do Megaupload, um site de compartilhamento de arquivos.

A decisão do grupo de atacar o governo foi logo após a imprensa americana divulgar que o Megaupload foi retirado do ar pelo FBI pelo crime de disseminar conteúdo pirata. O anúncio foi feito pelo grupo por volta das 19 horas, em sua página no Twitter (@anonops).

Para derrubar os sites, o Anonymous usou a técnica de negação de serviço – neste tipo de ataque, milhares de requisições são enviadas aos servidores atacados, que saem do ar por causa da quantidade de requisições.

Além do governo americano, o grupo também atacou empresas que apoiam o projeto Sopa, uma lei que tramita no governo americano para punir com severidade os sites de compartilhamento de arquivos.

Entre as páginas atacadas está a do FBI, bem como da Universal Music, da Motion Picture Association of America e da Associação da Indústria de Gravação da América.

O grupo nomeou o ataque de #OpMegaupload e #OpPayback. Segundo informações do próprio grupo, cerca de 5 mil hackers participaram da ação, considerada uma vingança ao governo americano.

Megaupload

O Megaupload, considerado um dos maiores sites de compartilhamento de arquivos do mundo e utilizado por mais de 1 bilhão de usuários, saiu do ar depois que o FBI indiciou o site de pirataria. Quatro executivos responsáveis pelo site foram presos. Além disso, três diretores do endereço serão processados.

Segundo agências internacionais, o proprietário do Megaupload está sendo acusado por grandes gravadoras e estúdios de violar leis antipirataria e causar prejuízos de mais de  500 milhões de dólares ao abrigar contéudo pirateado, como filmes e músicas, e permitir o compartilhamento desses arquivos.

A página do Megaupload está fora do ar desde o início da noite de ontem 19/01 e não traz nenhum aviso. Não há previsão para o restabelecimento do serviço.

(Fonte: Info Exame)

Adicionar novo comentario


Todos os direitos reservados a Geektech Tecnologia