Abin também vai investigar crackers

Presidente Dilma quer saber qual foi o tamanho do estrago provocado pelas invasões

Além da Polícia Federal, o governo autorizou a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) a entrar nas investigações contra os crackers que atacaram os serviços online do Estado.

De acordo com o blog de Josias de Souza, a presidente Dilma se declarou “surpresa” com a vulnerabilidade dos sites dos órgãos públicos.

A presidente quer saber também qual foi o tamanho do estrago provocado pelos crackers. De acordo com um especialista, pode ter ocorrido roubo de dados.

A Abin é um órgão subordinado ao GSI (Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República).

Ainda ontem, a Polícia Federal iniciou as investigações para tentar identificar a origem e os autores dos ataques, que começaram na quarta-feira contra o site da Presidência, contra o Brasil.gov e contra a página da Receita Federal.

Além deles, o site Ministério da Cultura, da Infraero, da Petrobras, do Ministério do Esporte e do IBGE também foram vítimas dos ataques.

(Fonte: Info Exame)

Adicionar novo comentario


Todos os direitos reservados a Geektech Tecnologia