73% dos e-mails enviados são spam

O volume global de spam sofreu sua maior queda desde 2008, registrando 39,2 bilhões de envios indesejados em junho deste ano.

De acordo com um relatório da Symantec, desde o fechamento da rede zumbi Rustock foi registrada uma constante queda no envio de mensagens spam. A última vez que havia sido identificado um decrescimento foi em 2008, quando a botnet McColo foi tirada do ar.

Segundo o estudo, em junho deste ano foi registrado que 72,9% dos e-mails enviados em todo o mundo eram spam. Uma queda de 2,9% com relação a maio.

Logo após encerrarem a Rustock em março, foi registrado o envio diário de 36,9 bilhões de spam. Este número subiu em maio para 41,7 bilhões e caiu novamente para 39,2 bilhões em junho.

Porém, no mesmo período do ano passado o número de mensagens indesejadas enviadas era de 121,5 bilhões por dia, representando 89,3% de todos os e-mails enviados no mundo. Com a redução de 68,7% em 2011, a queda global total registrada foi de 16,4%.

Segundo a Symantec, 40% das mensagens de spam são referentes a venda de produtos farmacêuticos e remédios. Sendo que a Arábia Saudita é a responsável por 82,2% de todos os e-mails indesejados enviados.

Mas embora haja uma redução no envio de spam, a Symantec alerta para outros tipos de golpes online que estão em crescimento, como é o caso do phishing. Segundo a empresa, um a cada 287 e-mails compreendem algum tipo de ataque de roubo de dados.

(Fonte: Info Exame)

Adicionar novo comentario


Todos os direitos reservados a Geektech Tecnologia